História

História sobre a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Albergaria-a-Velha

A primeira notícia de que temos conhecimento sobre o combate a incêndios em Albergaria-A-Velha, remonta a 3 de Agosto de 1909. A Câmara Municipal decidiu “Adquirir uma bomba para extinção e incêndios, bem como uma sineta para dar alarme, quando preciso, que será colocada nos paços do Concelho”, em virtude de um pequeno incêndio que ocorrera no edifício dos Paços do Concelho.

Mais tarde, no final de uma tarde de verão, no ano de 1922, um incêndio terá alastrado no quarteirão compreendido entre a Praça Rainha D. Teresa e o caminho junto ao edifício dos Correios. Os sinos terão tocado a rebate, chamando as pessoas com urgência para a Rua de Cima (hoje Rua Dr. Alexandre de Albuquerque), onde deflagrara o incêndio. O povo conseguiu salvar quase todas as casas, socorrendo com determinação, apesar dos parcos meios de que dispunha, à excepção da casa de habitação de José Soares Ribeiro (local onde hoje se encontra a Relojoaria e Ourivesaria Pessoa).

Após este acontecimento, que poderia ter tomado proporções mais graves, começaram os albergarienses a consciencializarem-se da necessidade da criação de um corpo de bombeiros, que acudisse nestas e noutras necessidades. A primeira reunião, para a organização de um corpo de bombeiros, terá tido lugar em 3 de Abril de 1924, no escritório do advogado Dr. António Fortunato de Pinho (rés do chão do edifício em estilo Arte-Nova situado na Praça Ferreira Tavares). Os primeiros Estatutos foram aprovados em Assembleia Geral de 14 de Dezembro de 1924, o alvará do Governador Civil de Aveiro é datado de 22 de Janeiro de 1925, sendo os primeiros Corpos Gerentes Posteriormente eleitos em 15 de Março de 1925.

Estas e outras histórias estão descritas na obra “Associação dos Bombeiros Voluntários de Albergaria-a-Velha – Subsídios para sua História” da autoria do Exmo. Sr. Dr. Delfim  Bismarck  Ferreira, integrado nas comemorações dos 75 anos da Associação.

Se deseja obter um exemplar desta obra, contacte-nos aqui.

FICHA TÉCNICA

Título
Associação dos Bombeiros Voluntários de Albergaria-a-Velha
Subsídios para a sua História

Data e Local de Edição
Albergaria-a-Velha – 2000
Delfim dos Santos Bismarck Álvares Ferreira
“Casa do Agro” – Campinho
3850-009 Albergaria-a-Velha

Edição
Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Albergaria-a-Velha
Rua Dr. José Henriques Ferreira
3850 Albergaria-a-Velha

Capa
Pormenor de Diploma de Sócio Protector da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários do Porto, atribuído em 1880 a Patrício Theodoro Álvares Fereira

Depósito Legal
148707/00